Check list de viagem do Caio

Boa noite!

Agora que voltei de viagem, vou tentar colocar em ordem os posts que vocês estão me pedindo!

Um deles é sobre a minha check list de viagem do Caio.

Essa lista eu mesma elaborei, de acordo com as minhas necessidades e as necessidades do Caio. Não, o Caio não usa calcinha, ou biquíni, apenas acrescentei na lista para as mamães de meninas se identificarem ❤

Para quem quiser saber o que eu levo pra mim, vou deixar o link de um post que fiz sobre o planejamento da minha viagem para a Califórnia e Nevada em 2013, no meu blog sobre viagens, Álbum de Turismo (clique aqui).

Sobre brinquedos e alimentação…

Vocês verão que algumas coisas o Caio já não usa mais, como babadores, na área ALIMENTAÇÃO. Eu penso em ter outro filho, por isso não tirei. Também para as mamães que tem bebês não se esquecerem!

Sempre levo polvilho e suco de caixinha na mala de mão. Suco de caixinha não passa pela segurança, então eu levo e já dou antes de entrar na fila do embarque.

Vocês também verão que na área dos brinquedos eu coloquei milhares de opções haha. Por que? Simplesmente porque eu esqueço o que levar se ler apenas “brinquedos” 🙂

Sobre os remédios e os documentos…

Os remédios que estão aí, são de uso geral, que vendem sem receita médica. Sempre levo uma receita da pediatra com outras medicações mais específicas, juntamente com as medicações, afinal, nunca sabemos o que nos espera e comprar remédio no exterior é um problema, devido aos nomes dos componentes que nem sempre sabemos o que significa.

Não levo cartão do plano de saúde e do SUS para viagens fora do país.

A ficha de permissão de viagem do menor com apenas um dos responsáveis só deve ser feita se a criança não possui a autorização descrita no passaporte, se já tiver, não precisa levar. Eu levei nesta viagem, porque viajei sem meu marido e não foi necessário.

Sobre acessórios…

Não estranhem ao ler “sabão de roupa”, porque esta lista serve para todas as viagens que faço. Quando vamos para a praia, eu lavo as roupas do Caio lá, então, não posso esquecer!

Ah, o (  ) é para colocar a quantidade de cada coisa que irá levar. Se for algo individual (tipo banheira), eu coloco  ou se não irei levar, coloco um X. Sempre acompanho a previsão do tempo para onde vou, assim, monto a mala com mais confiança, mas não deixo de levar roupas da estação oposto.

Segue o link planilha abaixo:

Viagem_Planilha

É isso, gente! Caso lembrem de algo a mais, me avisem que eu acrescento 😉

Beijos, Thais

Lancheira equilibrada

Bom dia!

Com a volta as aulas, volta o preparo da lancheira.

Ano passado sofri bastante, foi o primeiro ano do Caio na escola e eu não tinha muitas ideias de lanches e quase sempre enviava o mesmo. Coisas de mamãe de primeira viagem.

Mas decidi que precisava mudar, proporcionar um lanche mais diversificado e saboroso para o Caio, afinal, ele faz muitas atividades na escola e eu quero que a hora do lanche seja um outro momento de prazer, que ele veja que a mamãe preparou um lanchinho delicioso pensando apenas nele ❤

img_3190

Tem duas semanas que iniciaram as aulas e tem duas semanas que estou me programando semanalmente para preparar a lancheira do Caio. E não é que deu certo? E tudo o que dá certo, acho legal compartilhar com vocês.

Fiz uma tabela contendo nomes de frutas, coisinhas salgadas, coisinhas doces e bebidas e no sábado eu sento uns 5 ou 10 minutinhos e preparo o lanche da semana inteira! Eu me organizei até melhor na hora das compras, sabe? Eu comprava um monte de frutas e muitas iam pro lixo. Agora, eu compro as frutas que vou usar pra preparar a lancheira e mais algumas para comer em casa. Economizei e não desperdicei 🙂

img_3346

Já ouvi nutricionistas dizerem que os lanches da manhã e da tarde devem conter:

  • 1 fruta
  • 1 derivado de leite
  • 1 carboidrato

Mas já ouvi um nutricionista dizer que não tem necessidade do carbo… Enfim, eu envio sim, só o derivado de leite que não envio todos os dias, pois o Caio toma leite na escola as 17h.

img_3375

Vamos ao que interessa, segue a planilha:

Lanche do Caio  
Fruta Doce Salgado Bebida
Banana Bolacha de Maisena Pão de Queijo Suco de Melão
Maçã Bolacha Passatempo Polvilho Suco de Melancia
Cereja Bolacha Belvita Bolacha de Água e Sal Suco de Maracujá
Pitaya Sequilho Bolacha Integral Suco de Manga
Mamão Bolo de Chocolate Bisnaguinha com… Suco de Morango com Leite
Tangerina Bolo de Iogurte Queijo Branco Suco de Goiaba
Kiwi Biscoito caseiro Castanhas Suco de Acerola
Pera Uva passa Lanchinho… Água de Coco
Morango Bolo de Massa Bolacha de Arroz Iogurte
Uva Cookies Cenourinha Yakult
Melancia   Pão Francês com… Suco de Caixinha
Melão   Ovo de Cordorna Suco de Abacaxi
Manga   Pastel Assado Suco Integral
Goiaba   Pão de Mandioquinha com… Purê de Frutas
Pêssego   Pão de Leite com…
Ameixa   Milho Cozido
Carambola Pão de Cenoura com…
Framboesa Pão de Forma com…
Amora Pão Integral com…
Abacaxi
 
 
Complemento dos pães:
Queijo Branco
Queijo Mussarela
Patê de atum com alface
Ricota
Requeijão
Ricota com cenoura ralada, alface e tomate
Alface, requeijão, tomate e queijo
Requeijão, cenoura ralada, tomate e queijo
Ricota, cenoura ralada e queijo

 

Não ficou muito boa a planilha aqui, mas no link abaixo, vocês conseguem visualizar melhor ⇓

lanche

img_3464

É isso… Eu olho a planilha e escolho os lanchinhos da semana. Já que a minha lista da semana que vem está pronta, vou compartilhar com vocês:

Segunda:

  • Fruta: manga
  • Doce: sequilho
  • Salgado: pão de queijo
  • Bebida: suco natural de maracujá

Terça:

  • Fruta: Kiwi
  • Doce: bolacha rosquinha de coco
  • Salgado: queijo branco
  • Bebida: suco natural de maçã

Quarta:

  • Fruta: pessego
  • Doce: bolacha de maisena
  • Salgado: ovo de codorna
  • Bebida: suco natural de melão

Quinta:

  • Fruta: banana
  • Doce: bolinho caseiro de iogurte
  • Salgado: biscoito de polvilho
  • Bebida: suco de acerola

Sexta:

  • Fruta: framboesa (para a turma)
  • Doce: uva passa
  • Salgado: pão de forma com queijo branco
  • Bebida: suco natural de manga

img_3405

Espero ter ajudado! E me deem outras dicas do que complementar na tabela 🙂 Pode ser aqui no insta @mamaenaescola

Beijos,

Thais ^.^

PlayKids Party

Bom dia!

Aqui em casa PlayKids é sinônimo de diversão! Caio ama jogar o jogo da memória, quebra-cabeça, jogo das sombras e assistir Pocoyo rsrs.

Tenho até que controlar, porque se deixar, ele passa um bom tempo no celular e o excesso não faz bem nunca.

Fui convidada para fazer parte do grupo de pais do aplicativo e estou amando essa experiência! Muito bom ver que todo o conteúdo do PlayKids é pensado por profissionais que levam muito a sério a opinião dos pais e eu fico extremamente feliz de fazer parte deste grupo e poder contribuir um pouco para com o aperfeiçoamento do PK ❤

A novidade (não tão nova) é que o PK (marca parceira dos pais no desenvolvimento, entretenimento e educação infantil) conta com o PlayKids Party, trazendo diferentes opções de atividades protagonizadas pelo Junior e seus amigos.

image006

O PlayKids Party foi feito especialmente para crianças a partir de 2 anos. Com interface que reproduz uma grande festa infantil, a nova plataforma permite, além de personalizar a navegação, escolher e customizar os personagens que farão parte dos jogos disponíveis. Além disso, pequenos podem escolher a música a ser tocada pela banda da turma do Junior enquanto exploram o app.

No PlayKids Party, os pequenos vão conferir brincadeiras incríveis como a Piñata Battle, em que a criança deve quebrar uma piñata (bexiga enfeitada e tradicionalmente recheada de guloseimas) com a ajuda de um bastão. No Pie Dodge, são atiradas mini tortas dentro de um cercado e o personagem precisa pegar a maior quantidade de moedas possível; já no Bubbles é preciso destruir as bolhas coloridas e para isso é necessário conectar pelo menos três bolhas da mesma cor – a brincadeira acaba quando não restarem mais bolhas. Outros jogos em destaque são Balloon, Cake Run, Memory, Piñata Fall, Playground Run, Riddles e Whack Mole.

No Party, os pequenos podem acessar os jogos inteligentes a qualquer hora e em qualquer lugar, já que uma das características dos produtos PlayKids é a possibilidade de acesso offline em um ambiente seguro. As atividades não só divertirem e entreterem a criançada, mas também estimulam diversas aptidões cognitivas, como raciocínio rápido, atenção, identificação de cores e diferentes elementos.

image007

Segundo Flavio Stecca, CEO do PlayKids, “além dos jogos já existentes, o PlayKids Party criará conteúdo de qualidade com maior variedade de atividades para atender às preferências das crianças de 4 a 8 anos. Temos certeza que esse novo app irá se tornar um dos nossos principais produtos e continuaremos trabalhando para que a cada semana o aplicativo receba uma nova brincadeira”.

Recentemente a marca lançou o PlayKids Stories (plataforma para crianças de 4 a 8 anos que reúne mais de mil livros virtuais, com produções de grande sucesso da Disney, Pixar e Marvel), o PlayKids Talk (ferramenta de bate-papo instantâneo que permite a comunicação entre familiares e crianças de forma divertida e segura) e o PlayKids Fly (aplicativo para crianças de 5 a 10 anos, com mais de 200 desenhos animados produzidos pelos principais estúdios do mundo). Para baixar os aplicativos PlayKids, clique nos seguintes links: PlayKids Stories, PlayKids Talk e PlayKids Fly.

Os jogos do app ajudam muito no raciocínio lógico dos pequenos. Une tecnologia com tradição, poder jogar em qualquer lugar, não necessitando de um “ambiente adequado”.

O portal também é muito rico em informações, sempre tem sugestões de atividades, filmes, dicas de saúde… Vale a pena dar uma passadinha no site 🙂

Beijos,

Thais ^.^

Bate papo com a Dra. Ana Escobar

Boa noite!

Sábado estive na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, para um bate papo com a Dra. Ana Escobar,  sobre o Zika Vírus e os primeiros 1.000 dias do bebê.

A Dra. Ana Escobar é pediatra e participa do programa Bem Estar da Rede Globo. Já estive em outros bate papos com a doutora e cada dia mais me encanto com a sua dedicação, atenção e carinho pelo seu trabalho e pelas mamães.

IMG_8009

Por ser um assunto que ultimamente tem deixado a sociedade como um todo em estado de atenção, listei algumas das muitas informações que a Dra. Ana falou sobre o Zika:

→ se você esta com Zika Vírus, não deixe de passar repelente, assim, você evita que um mosquito que não esteja contaminado te pique e transmita a doença para outras pessoas,

→ repelentes para bebês não são eficazes contra a picada do Aedes Aegypti,

→ mães que amamentam e tem Zika, podem continuar amamentando. Ainda não houveram casos da mãe transmitir a doença para o filho através do leite;

→ se o homem tiver a doença, ele pode transmitir para a parceira através do sémem, mas não há casos de contágio do feto pelo esperma, o contágio poderá ocorrer através da mãe;

→ microcefalia só ocorre na formação do cérebro do bebê dentro do útero. O mais perigoso de se contrair Zika é no primeiro trimestre da gestação, onde a formação do feto está no estágio inicial. Já ocorreram casos de a mãe contrair a doença e o bebê nascer normal. Após o nascimento o risco de o bebê ter microcefalia é zero;

IMG_8016

→ para bebês menores de 6 meses, que ainda não podem fazer uso de repelentes, a proteção deve ser mecânica: colocar mosqueteiro no berço, tela no carrinho e nas janelas de casa…;

→ a síndrome de Guillian-Barré esta afetando muitas pessoas que já contraíram o Zika. Há mais casos em adultos, mas as crianças também podem contrair. A síndrome vai paralisando os membros, em alguns casos, só as pernas, em outros, até o rosto. Pode demoram meses para passar a paralisia.  Ficar sempre atento aos sintomas e um deles é o formigamento nas pernas, na grande parte dos casos.

É isso… Espero que as informações tenham sido úteis e sempre lembrando que não devemos deixar água parada e o ideal é aplicar o repelente mais de 1x ao dia!

Beijos,

Thais ^.^

O que levar em consideração na hora de comprar carrinhos de bebê

Bom dia!

Hoje vou falar de um dos itens mais importantes do enxoval: carrinhos de bebê.

O enxoval do Caio foi feito em Miami e uma das besteiras que fiz, foi comprar o carrinho sem antes pesquisar ou medir o tamanho do porta-malas! Chegando na loja, fomos (marido e eu) perguntar para um vendedor (pouco solicito) sobre qual carrinho comprar. Por sorte, deu certo a medida, mas não aconselho fazer isso, sem antes pesquisar.

picmonkey-collage9

Uma coisa é você já ter mais ou menos em mente o que pode ($) comprar e qual modelo comprar, outra coisa é você chegar as cegas e escolher qualquer um.

carrinho-de-bebe-com-bebe-conforto-conjunto-se-4008-azul-marinho.6116.39850964g1

Carrinho com Bebê Conforto SE – 4008 – Burigotto

7898509473547g1

Carrinho de Bebê Umbrella Deluxe – Cosco

O carrinho que escolhemos não valeu a pena? Sim, valeu e eu gosto muito dele, mas se eu tivesse pesquisado direitinho, teria comprado outro, com certeza! Um dos pontos negativos do carrinho do Caio é que ele não deita. Fica um pouco reclinado, não deita 100%.

Mas, o que devemos (na minha opinião) levar em consideração na hora de escolher o melhor carrinho de bebê?

1- Tenha em mente que ele precisa ser de qualidade, pois, por ser um item que o bebê usará bastante, a segurança e o conforto são primordiais, afinal, você irá transportar seu bebê nele.

2- Outra coisa que você deve se atentar é por quanto tempo você deseja utilizar esse carrinho. Por ser um dos itens mais caros do enxoval, você precisa pensar que o produto deve ter uma boa durabilidade (se for de qualidade, com certeza durará bastante). O carrinho do Caio é da marca Graco e ele é de ótima qualidade, super resistente, já está a quase um ano em uso e nem parece. Ah, outra dica para não ter problemas futuramente, é pesquisar direitinho até quantos quilos o carrinho escolhido suporta, exemplo: RN até 15kg.

3- Recomendo que comprem o carrinho com o bebê conforto acoplado. Fica super prático tirar o bebê conforto com o bebê e encaixar direto no carrinho. Geralmente, estes modelos são mais pesados, mas não custa ir na loja, abrir e fechar, fazer o teste!

4- O tamanho e o peso (do carrinho) também são importantes no meu ponto de vista. Primeiro você precisa saber se o carrinho cabe dentro do seu porta malas e se caso você precise sair com o bebê sozinha, se aguentará abrir e fechar o carrinho sem ajuda. No meu caso, o carrinho cabe no porta malas tranquilo, mas é um carrinho muito pesado. Muitas vezes deixo de usar por conta do peso, só de pensar em ter que abrir, fechar e guardar aquele peso todo, me dá desanimo. O carrinho deve ser um aliado das mamães e não um “inimigo”. Com bebê, praticidade é tudo, então, fique atento a isso.

5- O carrinho dos meus sonhos (que vi na loja e me apaixonei) não coube no nosso orçamento, então, escolhemos um carrinho nem tão caro e nem tão barato. Com o dólar no valor que está, não sei se vale a pena trazer um carrinho dos EUA, acho que aqui está valendo mais a pena, afinal, você pode parcelar e lá é tudo a vista. O preço também deve ser levado em conta, cada um sabe das suas condições, né?! Eu não indico comprar um carrinho tão barato, você pode achar que fez um baita negócio, mas lá na frente, pode se arrepender. O melhor é listar as suas necessidades (o que você acha indispensável) e fazer uma pesquisa de valores, para chegar no seu carrinho ideal ou quase ideal.

39850778g1

Carrinho de Gêmeos Duetto – 5040 – Atimo – Burigotto

O carrinho do Caio será substituído quando ele fizer um ano, vamos comprar um estilo guarda-chuva. Agora que ele está grandinho (quase um ano), não terá mais necessidade de um carrinho tão pesado, também não usará mais bebê conforto.

Bom, é isso! Espero que as dicas tenham ajudado um pouquinho na escolha do carrinho.

Beijos,

Thais ^.^

Como fazer higienização das cadeiras de alimentação

Boa noite!

Recebi esse texto e achei bacana compartilhar com vocês. Mais alguém é a louca da limpeza? Hahaha. Eu sou e sou mais encanada ainda com as coisinhas do Caio e para os bebês que já iniciaram a introdução alimentar, é necessário fazer uma boa higienização dos itens alimentares e principalmente da cadeira de alimentação – porque sabemos que restinhos de comida acumulado pode atrair bichinhos e outras doenças.

Bom, espero que aproveitem as dicas assim como eu 🙂

Um dos artigos indispensáveis para o desenvolvimento da criança é a cadeira de alimentação. Isso porque ela permite que os pequenos curtam um dos melhores prazeres da vida, em segurança, desde cedo: comer. A partir dos nove meses, a criança desenvolve o chamado “movimento de pinça”, quando consegue pegar objetos e alimentos com as pontas dos dedos indicador e polegar. E a partir daí, a coordenação motora vai melhorando aos poucos e ela já é capaz de segurar os talheres.

Tutti-Baby-151027-Cadeira-Fit-Crédito-Divulgação

*Foto disponibilizada pela assessoria da Tutti Baby

Mas essa fase também é marcada por muita bagunça e sujeira. Claro, como a criança ainda está desenvolvendo esses movimentos, é normal que ela suje todo o rosto, as roupas, a cadeira de alimentação e, muitas vezes, tudo ao redor. Lavar as roupas e limpar a criança são tarefas fáceis. Mas e a cadeira? Você sabe como higienizar da forma correta?

Quem dá as dicas é Amanda Teixeira, coordenadora de desenvolvimento da Tutti Baby, empresa especializada em produtos infantis: “É importante que o pai ou a mãe leia o manual da cadeira que a criança utiliza para verificar se o tecido pode ser retirado ou não para lavar. Nesse caso, todas as orientações devem ser seguidas para que a integridade do produto esteja garantida. Então, é só lavar, secar ao sol e fixar à cadeirinha novamente”, ressalta.

A orientação acima é mais válida para as cadeiras compactas, já que as de pé, normalmente, são de tecido plastificado e impermeável. “Nesse caso, os pais podem utilizar uma esponja com água e detergente neutro para limpar bem o assento. E a bancada de apoio pode ser higienizada com um pano seco e álcool”, indica Amanda.

É importante lembrar que a limpeza deve ser feita a cada refeição, já que o acúmulo de restos de comida, junto do pó ou outra sujeira, pode trazer alergias aos pequenos. Além disso, é um chamariz para formigas, que podem picar – e machucar – a criança.

Fica a dica 😉

Beijos,

Thais ^.^

*Sugestão de pauta da assessoria da Tutti Baby

Linha baby da BomBril

Bom dia!

Recebi esses dois produtos da Linha Baby da BomBril e estou apaixonada!

IMG_8844

Linha Baby da BomBril

Estou usando o Limpador Pratice Baby para limpar os móveis do quarto do Caio e os brinquedos. O cheirinho é muito gostoso, contém extrato de camomila e o melhor é dermatologicamente testado e possui fórmula hipoalergênica.

Com os brinquedos eu uso um pedaço de papel, um pano ou esponja, coloco um jato do produto e esfrego os brinquedos. Depois, com um pano molhado, tiro o produto, em seguida passo um pano seco. Se preferir, pode deixar secar.

Super aprovado! Amei ❤

O que a maca diz sobre o produto:

“Limpador Pratice Baby é a proteção que faltava para o seu bebê. Todo bebê precisa de cuidados que vão além de uma limpeza tradicional. Sua pele sensível e seu olfato delicado pedem um produto especial para limpar os móveis do seu quarto e seus brinquedos”.

IMG_1623 IMG_1624

O outro produto que recebi e também estou amando, é Detergente Baby Limpol. Eu usava detergente comum, mas sempre ficava com o pé atrás, com medo de não sair todo o resíduo. Esse detergente não tem cheiro, porque é livre de corantes e fragrâncias! Tudo de bom, né?!

Uso ele para lavar as mamadeiras e os utensílios de alimentação. Ele tira todos os resíduos de leite e alimento e também é dermatologicamente testado e hipoalergênico.

Gente, eu sou a louca da limpeza e cuidado com as coisas do Caio. Esterilizava os objetos de alimentação dele, a cada mamada ou almoço/jantar. Isso durou até 8 meses. Minha amiga Fê (@fenanaka) me disse que não era necessário a esterilização a cada mamada após os 6 meses, pois o bebê precisa adquirir imunidade. Esterilizar uma vez ao dia é suficiente (fonte: site da Revista Crescer). Com esse detergente, fiquei mais segura, de lavar as mamadeiras durante o dia e esterilizar apenas a noite. Outra coisa, ele rende muuuuito. Uso o tempo todo e ainda está na metade! Economia $ rsrs.

Esse eu também super indico para as mamães que amam novidades, assim como eu e que também são loucas por limpeza 🙂

O que a marca diz sobre o produto:

“Todo carinho e cuidado que as mamadeiras e utensílios dos bebês precisavam agora tem nome: Detergente Baby Limpol, a inovação no mercado de detergentes, dermatologicamente testado, hipoalergênico, não contém fragrâncias, é livre de corantes e rende muito mais. Sua fórmula concentrada de alta performance remove resíduos de alimentos, frutas e leite dos alimentos dos bebês sem deixar resíduos ou cheiro”.

IMG_8923IMG_8922

Você pode comprar os produtos nos supermercados ou no site da BomBril.

O próximo que quero usar é o lava roupas da Mon Bijou >.<

Obrigada BomBril e Encaso! Amei de verdade os produtos e estão aprovadíssimos! Obrigada por pensar nos nossos pequenos com tanto carinho e atenção ❤

Beijos,

Thais ^.^